BYOD

Na maioria dos órgãos públicos e empresas privadas telefones celulares são usados para fins corporativos e pessoais (princípio de BYOD – Bring Your Own Device). Uma enorme quantidade de informações corporativas sensíveis que podem ser facilmente roubadas acumulam na memória de telefones celular e tablets pessoais. De acordo com um estudo realizado em 2012 pelo Ponemon Institute, 60% de smartphones perdidos ou roubados nos Estados Unidos anualmente contêm informações confidenciais sensíveis. Consequentemente o assunto mais relevante na segurança da informação de telefones celulares é a questão da BYOD.

O sistema de segurança da informação Stealthphone possibilita diferenciar as informações pessoais e corporativas por meio de hardware, o que permite reduzir significativamente os riscos da interceptação escondida e divulgação de informações financeiras, oficiais, tecnológicas, intelectuais, dados pessoais de diretóres e acionistas de empresas.